domingo, 10 de fevereiro de 2008

Operários se mobilizam para evitar demissões

Operários da fábrica da Coteminas em Montes Claros, ligados a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), reunidos hoje na sub-sede norte do Sindicato dos Professores do Estado de Minas Gerais, discutiram as demissões anunciadas pela empresa nos últimos dias e definiram pela realização de uma jornada de lutas que se iniciará nesta semana.
Devido à submissão da atual junta governativa do Sindicato da Indústria Têxtil de Montes Claros, a Chapa 2/Oposição Classista definiu por iniciar as mobilizações independentemente da estrutura sindical pelega. As atividades começam nesta terça-feira com a presença dos trabalhadores da empresa na reunião ordinária da Câmara Municipal, onde o vereador Lipa Xavier (PCdoB) irá fazer a denúncia das demissões na tribuna da casa legislativa.
Segundo o Diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Vigilância e Segurança e Transporte de Valores do Norte de Minas (SEVISTV-NM), Carlos Antunes, “é necessário que as demais categorias de trabalhadores e seus respectivos sindicatos e centrais, estejam ombro a ombro com os trabalhadores da Coteminas nessa importante jornada de lutas”.
O Tesoureiro municipal da União da Juventude Socialista, Ibayara Carvalho (Juninho), também presente a reunião, declarou que “a UJS também não poupará esforços para denunciar as demissões arbitrárias e participará ativamente das atividades promovidas pela Chapa 2/Oposição Classista e pela CTB”.
O sindicalista Lourival Rodrigues, representante da Chapa 2, disse que “os trabalhadores não se curvarão aos desmandos da direção da empresa. A Coteminas está entre as empresas que mais lucram no país e não se justifica a demissão de centenas de trabalhadores para aumentar ainda mais esse lucro. É uma crueldade o que estão fazendo com os operários e suas famílias”, salienta.
Continuamos acompanhando o desdobramento dos acontecimentos aqui em nossa cidade.
Toda solidariedade à luta dos operários da Coteminas!
Segue a nota dos trabalhadores da empresa:

DEMISSÕES NA COTEMINAS: CHAPA 2 CONVOCA

Recentemente integrantes da Chapa 2/Oposição Classista, antecipando-se à diretoria pelega do nosso sindicato, tornou público aquilo que a direção da Coteminas/Cotenor queria fazer às escondidas: demitir cerca de 800 companheiros e companheiras para aumentar o seu lucro à custa da miséria e do desemprego de quem trabalha.
Agora que as demissões já se tornaram assunto nacional, é hora de os trabalhadores se organizarem para barrar essa medida injustificável da direção da empresa.
A Chapa 2/Oposição Classista e a CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil) entendem que só a mobilização e a firme organização dos trabalhadores serão capazes de barrar essas demissões. Não é mais possível admitir que, em nome do lucro fácil e sempre crescente, os patrões condenem ao desemprego centenas de trabalhadores que deram o seu sangue para gerar a sua riqueza. Afinal, sem o trabalho o capital não se movimenta.
A CTB e a Chapa 2/Oposição Classista convocam a todos os companheiros e companheiras, tanto os que foram demitidos quanto os que poderão vir a ser, para uma manifestação amanhã, terça-feira, dia 12 de fevereiro, às 7h30 da manhã, na porta da Câmara Municipal.
O objetivo é o de pressionar os vereadores e o prefeito a entrar conosco nessa luta contra as demissões.
Afinal, quem ganha com as demissões, além da empresa?
E quem perde com elas? Toda a cidade.

TERÇA-FEIRA, 7h30 DA MANHÃ, NA PORTA DA CÂMARA MUNICIPAL.

PARTICIPE! NÃO FIQUE DE BRAÇOS CRUZADOS, OU VOCÊ PODERÁ SER O PRÓXIMO A SER DEMITIDO.

CHAPA 2/OPOSIÇÃO CLASSISTA
CTB/CENTRAL DOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS DO BRASIL
A Estrada vai além do que se vê!
Atualizado às 7:15 do dia 11 de fevereiro de 2008.

Um comentário:

J Tramontini disse...

Ramon

A solidariedade é obrigação de todo revolucionário. E os operários da Coteminas com certeza tem a nossa.

O que pudermos fazer para ajudá-los, faremos.

Boa luta e boa vitória.