quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Já somos vitoriosos!

Caros (as) Camaradas, amigos e simpatizantes,

É chegada a reta final de campanha. Uma campanha que por si só já é vitoriosa em defesa de um novo projeto de desenvolvimento do nosso Brasil, com mais justiça social, avanços econômicos, em defesa da educação, do povo trabalhador e da juventude. Percorremos milhares de quilômetros em busca não apenas do voto do eleitor, mas na tentativa de conscientizar as pessoas da necessidade de mudança do quadro político mineiro, principalmente no Norte de Minas.

Enfrentamos as mais diversas dificuldades, desde a financeira até a coação, perseguição e cerceamento do direito da livre escolha e expressão. Uma campanha, que a despeito do volume de visual, da falta de pessoal contratado, os ditos "cabos eleitorais" de outras campanhas, mostrou a que veio. E que, para isto, contou com valorosos apoiadores: desde a mais humilde liderança comunitária até renomados doutores da nossa querida Unimontes. Do grande exército de militantes diários que levaram a nossa mensagem a milhares de eleitores nesse Norte de Minas e Sertão dos Geraes. Participamos de diversos eventos, festas, confraternizações, atividades dos movimentos sociais, reuniões, enfiim, várias atividades onde estivemos presentes com a nossa campanha, sempre com muito debate e descontração. Até aqui, já somos vitoriosos!

Uma vitória contra a opressão, contra as velhas oligarquias, contra o tradicionalismo atrasado de alguns setores da sociedade! Uma vitória das pessoas de bem e do povo trabalhador, cansado da velha política de velhos políticos que se acham donos do Norte de Minas e da consciência do eleitor.

Gostaria, de antemão, de agradecer a todos aqueles que lutaram conosco durante esses mais de noventa dias de campanha. Dizer que sem o apoio e o incentivo de cada um de vocês nada disso seria possível: a nossa campanha é comentada em cada canto da cidade. A campanha do "menino da Unimontes" e dos "meninos da juventude", como dizem os mais simples. A campanha do "candidato da Unimontes" como dizem nossos queridos colegas, professores, servidores, vigilantes, acadêmicos e amigos da Unimontes. Mas agradecer de verdade, com muita emoção e consciência do dever quase cumprido. Pois ainda nos restam alguns dias até a nossa vitória no dia 3 de outubro.

Portanto, camaradas, amigos e amigas, apoiadores e simpatizantes, peço a todos vocês mais uma coisa: empenho nesta reta final. Empenho para que a nossa linda campanha não venha a sucumbir perante as poderosas campanhas calcadas na utilização de milhões em recursos financeiros e políticos. Empenho para que convença cada eleitor onde quer que esteja: na sala de aula, no jogo de futebol, no bar, na festa, na noite, na madrugada, nos bairros, com os parentes, namorados e namoradas, ficantes, enfim, em todo e qualquer lugar onde estivermos de hoje até domingo! Peço mais. Que no dia 3, saiam de casa de cabeça erguida e confiantes na nossa vitóra nas urnas. Com material visual e principalmente muita disposição e irreverência.

A todos, meu eterno agradecimento e meu abraço fraterno. Até a vitória sempre. Muito obrigado e até mais!


Deputado Estadual

65656

"Dias melhores virão!"

Em defesa da Unimontes e do Meio-Passe!


A Estrada vai além do que se vê!

Todos juntos por Minas

“O atual governo não se preocupou com as pessoas”, disse Hélio

Após passagem por Bocaiuva, nesta quarta-feira (29), os candidatos da coligação "Todos juntos por Minas", Hélio e Patrus, participaram de uma carreata com mais de 200 veículos pelas ruas de Montes Claros.

Da carreata, seguiram para o comício na Praça da Catedral no centro da cidade, onde centenas de militantes balançavam suas bandeiras para ouvir os candidatos ao governo de Minas. Hélio Costa lembrou os investimentos feitos pelo Governo Federal na cidade . “Eu quero perguntar para todos vocês que estão aqui, trabalhadores que acreditam na mudança. Algum de vocês conhece algum programa do governo estadual que mudou a vida de alguém? Como o “Minha Casa, Minha Vida” ou “ProUni”, ou “Pronaf” ?”, indagou.

“Este governo que está aí não pensou no social, sempre pagando mal para os professores, e mais mal ainda os nossos militares. E ainda por cima criou leis que atrapalham”, disse o candidato, referindo-se à lei que acabou com várias empresas de turismo do Norte de Minas. O candidato reforçou as cobranças abusivas de taxas por parte do governo estadual. “Pegue a sua conta de luz e repare: você paga 30% mais 30% embutido, somando 42% de imposto sobre a conta de energia elétrica. No leite, você paga 18%; pior são os remédios ,que também tem 18% de taxa”. O candidato também lembrou a questão do minério que está sendo discutida em todos os debates. “É porque este atual governador não pensa nas pessoas. Está deixando as mineradoras explorarem minério sem pagar nada ao estado. Eu e Patrus queremos trabalhar pelas pessoas e com as pessoas”, finalizou.

Patrus reforçou seu discurso, pedindo o apoio dos militantes, para que as pessoas multipliquem seus votos, falando com um parente distante, com o vizinho e com um colega de trabalho. “Nós estamos com o povo do nosso lado, vamos multiplicar nossos votos e vamos ganhar esta eleição”. O candidato ao Senado Zito Vieira ressaltou a importância da aliança em Minas. “Nós nos despedimos do Norte com a certeza que nós temos o melhor projeto para governar Minas, pois são dois grandes ministros do governo federal, escolhidos com muito carinho pelo presidente Lula para fazer essa aliança por Minas”, concluiu.

O prefeito de Montes Claros, Luiz Tadeu Leite, questionou as pesquisas. “Eu leio pesquisa, mas não creio em pesquisa fajuta, comprada só para confundir o eleitor. O atual governador usa a verba do Palácio para comprar pesquisa e instituto e isso não pode acontecer. Eu nunca participei de pesquisa alguma. Alguém aqui já participou?”, indagou recebendo gritos de "não" do público. “Precisamos eleger Hélio e Patrus para Minas entrar na linha do governo federal e acabar com esse governo que não pensa nas pessoas”, concluiu.



A Estrada vai além do que se vê!

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Pacto pela Juventude ganha força na reta final da campanha eleitoral

Candidatos de 20 estados já assumiram compromisso com fortalecimento das políticas de juventude. 30 de setembro é o último dia para envio de assinaturas para coordenação do movimento.

Candidatos e candidatas de todo o país estão assinando o Pacto pela Juventude, iniciativa das 67 entidades da sociedade civil que compõem o Conselho Nacional de Juventude, que busca qualificar o debate sobre políticas públicas de juventude no período eleitoral. O movimento levanta bandeiras de ações necessárias para o pleno desenvolvimento juvenil e destaca o papel de gestores e legisladores na implementação de políticas que incluam o jovem brasileiro na estratégia de desenvolvimento nacional.


Faltando pouco menos de dez dias para o encerramento da ação, candidatos e candidatas de 20 estados já se comprometeram com as ideias defendidas pelo Pacto desses 14 são candidatos a governo estaduais. Esses postulantes, e aqueles que aderirem até o dia 30 de setembro, último dia da campanha, serão recomendados como políticos que respeitam a juventude em publicação a ser distribuída via Internet. A intenção é divulgar, por Estado, nome e número dos candidatos que já pactuaram. Segundo a coordenação do Pacto, nessa reta final da campanha a tendência é aumentar o número de candidatos que se comprometerão com a proposta.

A mobilização para conquistar os candidatos acontece também na Internet. No blog www.pactopelajuventude.wordpress.com há informações sobre como realizar atividades, a íntegra do documento a ser assinado, além de fotos e vídeos dos candidatos nos atos de adesão. No Twitter, através do perfil @pactojuventude, são divulgadas as agendas dos candidatos e compartilhadas notícias sobre os atos.


O que defende o Pacto?
Entre outras propostas o Pacto 2010 defende a criação de um sistema nacional de juventude que fortaleça o controle social e fortaleça a articulação entre as políticas públicas para a juventude e a aprovação do Plano Nacional de Juventude, que estabelece diretrizes e metas para serem alcançadas pelo Brasil até 2022.


No campo da educação as metas vão desde a erradicação do analfabetismo até a expansão da universidade pública e do sistema público de educação profissional. A agenda de trabalho decente merece um ponto específico onde o combate a precarização do trabalho juvenil aparece como tema central.


Implementação de políticas afirmativas contra homofobia e o racismo, e pela igualdade racial e de gênero também são propostas d o texto, que prevê, ainda, a promoção do acesso dos jovens aos bens culturais, e ao esporte e lazer. No ponto saúde o foco vai para o fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS), para a prevenção de DST/HIV/AIDS e do uso abusivo de drogas.


O documento discute também metas e alternativas para a redução da mortalidade juvenil, pela garantia de moradia digna, pela promoção do direito à comunicação – com ampliação do acesso às tecnologias de informação e aprovação do Plano Nacional de Banda larga – e pela garantia do acesso à terra e permanência no campo e pede comprometimento dos pactuantes com o fortalecimento dos canais de participação democrática como os Conselhos e Conferências de Juventude.


Para ler o Pacto pela Juventude na íntegra acesse: http://pactopelajuventude.files.wordpress.com/2010/08/pacto3.pdf


Para ver as fotos e vídeos de quem já assinou o Pacto acesse: http://pactopelajuventude.wordpress.com/galeria-de-fotos


Todos os passos para realizar uma atividade de assinatura do Pacto pela Juventude estão descritos no menu Passo-a-Passo do Blog do Pacto. Entre em contato com o seu candidato, apresente a proposta, realize a assinatura e envie a página da assinatura digitalizada para o e-mail pactopelajuventude2010@gmail.com, de preferência com foto. Participe!


Da Coordenação do Pacto pela Juventude


Em tempo: Nosso candidato a deputado estadual, Daniel Dias, assinará o Pacto pela Juventude amanhã (25) na plenária final de campanha, que será realizada no Comitê Central Hélio+Patrus (Avenida Mestra Fininha nº 1771 - Montes Claros) a partir das 15:00. Nos vemos lá!


A Estrada vai além do que se vê!

O grito da galera 8

Telly Will F. de Almeida

"Boa tarde a todos amigos, amigas e colegas

Conheçam Daniel Dias, Deputado Estadual - 65656, um verdadeiro representante do Norte de Minas na Assembleia Legislativa:

Venho por meio dessa mensagem não apenas pedir um voto por pedir, alegando com um jargão "votar na Juventude"; porque Daniel Dias não se resume a isso. Claro, ele representa a renovação na Assembleia Legislativa, mas também representa uma verdadeira mudança na política do Estado, principalmente para o Norte de Minas. Daniel Dias foi presidente do DCE (Diretório Central dos Estudantes) da Unimontes e desempenhou uma brilhante e corajosa gestão. Conheçam mais o Daniel Dias. E gostaria que pensassem que nossa realidade (Aqui no Norte de Minas) não mudará, enquanto não mudarmos nosso voto.

De quatro em quatro anos, ouvimos dos nossos ditos representantes ("estamos trabalhando"; "vamos providenciar", "vamos fiscalizar o governo", "conseguimos importantes avanços na saúde, na segurança e educação" - tudo isso está no discurso de Arlen Santiago, Gil Pereira, Ruy e Raquel Muniz, Tadeu Leite e seu filho, Paulo Lopes, Athos Mameluque, Athos Avelino, Sebastião Pimenta e tantos outros que se dizem nossos representantes - se pensarmos bem, eles estão a tanto tempo na vida pública e dizem estar trabalhando tanto para nossa região que não vemos avanço algum na saúde, na educação ou segurança - Nada muda por aqui há 16 anos, pelo menos. Nenhum desses antigos representantes citados por mim tem realmente compromisso conosco porque têm "rabo preso" com grandes empresários como Tadeu Leite e seu filho logicamente ou Gil Pereira - se eles realmente trabalhassem para a região, Montes Claros teria mais empresas em seu fúnebre Parque Industrial - trazendo mais oportunidades, mais empregos e, consequentemente, mais segurança e menos delinquência juvenil (aumento de jovens nas ruas)...

Não estou dizendo em quem votar, isso é um direito de Vocês, mas quero apenas refletir sobre a importância de votar em quem realmente vai nos representar. Não sou cabo eleitoral de Daniel Dias, mas me preocupo com nossa região, porque Montes Claros, hoje, é uma das cidades mais desiguais do mundo; uma cidade que consegue sobreviver sem Indústria, a custo de muita humilhação de quem tem um emprego - vejo todos os dias pessoas sendo humilhadas em seus trabalhos porque, se discutirem, tem uns vinte ou trinta esperando sua demissão, sem falar no arrocho salarial. Pensem Nisso.....Obrigado pela atenção"

Telly Will F. de Almeida é graduado em Letras e mestrando em Estudos Literários da Unimontes


A Estrada vai além do que se vê!

Juventude em festa

Aniversário de 26 anos da UJS

Neste sábado (25) a partir das 22:00 no Albão bar (Av. Cula Mangabeira, 467 - em frente ao Hospital Universitário) vai rolar a festa de comemoração dos 26 anos da União da Juventude Socialista (UJS).

Os ingressos custam apenas R$ 2,00 e refrigerante, Ice e cerveja Brahma serão vendidos a 1 real. A comemoração contará com apresentação de duas bandas e exposição de poesias e outras manifestações artísticas da militância mais aguerrida de Montes Claros.

Saiba como adquirir seus ingressos através do fone (38) 9177 3974.

Com informações do blog da UJS Montes Claros


A Estrada vai além do que se vê!

A guerrilha vista por dentro

Camponeses do Araguaia será exibido no Festival do Rio 2010

Anualmente, o Festival do Rio transforma o Rio de Janeiro na capital mundial do cinema.

Uma cidade que é inspiração natural em todo o mundo recebe um grande evento espalhado em cinemas, praças da Zona Sul a Zona Norte passando pela Zona Oeste.

São duas semanas em que a cidade é tomada pelo maior evento audiovisual da América Latina, evidenciando a importância cultural e econômica do setor: estimulando a indústria, promovendo a cidade e oferecendo à população acesso ao melhor da produção cinematográfica mundial.

Mais de 300 filmes, muitos dos quais nunca chegarão ao circuito comercial, confirmam a importância do Festival do Rio e sua vocação como porta de entrada para o cinema na América Latina.

Camponeses do Araguaia

O documentário “Camponeses do Araguaia - a Guerrilha vista por dentro”, que será exibido no Festival do Rio 2010 (veja a programação abaixo) mostra que os guerrilheiros contavam com amplo apoio popular. Os que cometeram crimes durante o regime discricionário, portanto, estavam contra o povo. Contra a própria história das Forças Armadas, que não formam algo à parte na sociedade nem tampouco em relação ao poder político.

A partir de um rico banco de imagens e depoimentos, os camponeses - moradores da região - narram as dificuldades que passaram depois que a repressão chegou à ao sul do Pará. Helicópteros, batalhões, toneladas de armas e munições das três armas se deslocaram para a região com o intuito de caçar os "Paulistas", nome afetuoso dado aos guerrilheros. Nos depoimentos são expostas torturas, traumas, sofrimeto pelo desaparecimentos de familiares e amigos, violência e mortes.

Ficha Técnica:
Direção: Vandré Fernandes
Roteiro: Vandré Fernandes
Fotografia: Bruno Mitih
Montagem: Rogério Zagallo
Música: Du Oliveira e Itamar Corrêa
País: Brasil
Ano: 2010
Duração: 73min

Serviço
Camponeses do Araguaia — A Guerrilha Vista por dentro
O documentário pode ser adquirido na Fundação Maurício Grabois ou na Editora Anita Garibaldi pelo preço de R$ 10,00.
Acima de 20 unidades, desconto de 30%.
Fone: (11) 3337.1578

Editora Anita Garibaldi:
Rua Amaral Gurgel, 447 - conjunto 31 - Vila Buarque - CEP 01221-001 - São Paulo (SP)
Telefone/Fax: (11) 3129.3438

Festival do Rio 2010
Mostra: Première Brasil Política
Em Exibição
Terça - 28/09/2010 no C.C. Justiça Federal às 19:30h
Quarta - 29/09/2010 na Est Vivo Gávea 1 às 13:40h
Quarta - 29/09/2010 na Est Vivo Gávea 1 às 20:10h
Sexta - 01/10/2010 no Cinema Nosso às 17:00h
Domingo - 03/10/2010 no Ponto Cine às 14:00h



A Estrada vai além do que se vê!

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

O grito da galera 7

Péricles Francisco

"Eu voto Daniel Dias e Wadson Ribeiro, porque acredito que a força do novo, da juventude pode mudar o Brasil, e os dois são mais do que exemplos a serem seguidos, são a expressão da juventude por dias melhores. Eu acredito que pessoas que já fizeram muito por Montes Claros, quando juntos troxeram a reforma do Ginásio Poliesportivo, o programa Segundo Tempo, a Praça da Juventude, o restaurante universitário da Unimontes, e lutaram até aprovar o meio-passe. Juntos Daniel e Wadson vão mudar Minas e o Brasil."

Péricles Francisco é presidente da União Colegial de Minas Gerais (UCMG) e Vice-presidente da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES).


A Estrada vai além do que se vê!

O grito da galera 6

João Lucas Versiani

"Em meio a tantos candidatos que nunca fizeram nada por nós, eleitores jovens, Daniel Dias surge como uma certeza de que podemos mudar o rumo das coisas. Sua trajetória na presidência do DCE, sempre foi à frente de lutas por melhores condições para a juventude, como a conquista do Restaurante Universitário. Mais do que palavras, Daniel Dias tem um carreira que fala por si só, sendo assim a melhor opção nessas eleições."

João Lucas Versiani, 19 anos, é acadêmico de História da Unimontes e militante da União da Juventude Socialista (UJS).


A Estrada vai além do que se vê!

O grito da galera 5

Eloana Magalhães com Maxuel e Danielle, filhos do Daniel Dias, durante o 6º Congresso Municipal da UJS Montes Claros

"Voto em Daniel Dias porque acredito que sua presença na Assembleia beneficiará a nossa região com transformações na área social, educacional e política. E ele por ser natural do norte de Minas nos apoiará nas reivindicações do sertão norte - mineiro."

Eloana Magalhães é estudante de Pedagogia da Unimontes.


A Estrada vai além do que se vê!

O grito da galera 4

Dayane Letícia dos Santos

"Voto em Daniel Dias porque, ao longo de sua trajetória junto ao DCE-Unimontes, buscou com veemência alcançar objetivos que beneficiassem a classe acadêmica, bem como os demais estudantes de Montes Claros. Como exemplo de tal luta, podemos nos alegrar com a conquista do Restaurante Universitário e nos mantermos de prontidão para continuar lutando por vitórias como a Moradia Universitária e o Meio-passe já. "

Dayane Letícia dos Santos é acadêmica do 8° periodo de Artes Teatro da Unimontes.


A Estrada vai além do que se vê!

Mil sonhos

A razão de tudo correr bem

Chegamos à milésima postagem d'Os sonhos não envelhecem. São quase três anos de dedicação a este espaço. Hoje nossa ferramenta de divulgação de ideias e propostas é um dos blogs do Portal Vermelho (a melhor página brasileira de política na internet) e é sugerida por dezenas de outros espaços da imprensa livre.

Um sincero agradecimento a tod@s aqueles que curtem essas letras.

E ainda vem muito mais...


A Estrada vai além do que se vê!

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

UJS 26 anos: quem fez e quem faz nossa história


Confira o depoimento de militantes e ex-militantes que fortaleceram a União da Juventude Socialista (UJS) nesses 26 anos de luta pelo Brasil.

São mais de 100 mil filiados, atuando em diversas frentes. Nascemos com as Diretas Já, encabeçamos os “Caras-Pintadas”, combatemos o neoliberalismo de FHC e tivemos papel de destaque na campanha por Lula em 2002. Defendemos as bandeiras da juventude e lutamos pelo Brasil. Essa é a União da Juventude Socialista, que completa 26 anos nesse 22 de setembro e que tem muita história para contar, como mostram os depoimentos abaixo.

"Militei na UJS até 2003. Com esta turma, enfrentamos os piores ataques aos direitos do povo e da juventude brasileira, durante a época do neoliberalismo tucano. Foi também na UJS que retomamos a capacidade de sonhar com o Brasil melhor, a partir da eleição de Lula em 2002. Foi por conta da minha trajetória na UJS que assumi a responsabiidade no Governo Federal para contribuir com sucesso do Governo Lula. Com certeza, será ao lado da UJS que vamos seguir avançando a partir de 2011. Quer mudar o Brasil? Não fique só na vontade! Participe da UJS."

Danilo Moreira
Presidente do Conselho Nacional de Juventude - Conjuve
Secretário-Adjunto da Secretaria Nacional de Juventude

"Quando a UJS completou 25 anos, ano passado, fizemos uma super festa, homenagem etc. e tal. No meio de toda aquela confusão, eu parei pra me perguntar o que era 'amar' a UJS. Na mesma hora meu coração sentiu uma alegria tão imensa, uma vontade tão grande de viver, de mudar o mundo, de ser jovem, de acreditar num outro futuro, que me encheu os olhos. Parei pra pensar como era possível as pessoas doarem suas vidas para um projeto como esse. Encontrei a resposta ao entender que a UJS não é só uma entidade, ela é um amor fraterno, que nos move acima de todas as dificuldades. E, se for como disse o camarada Che: 'o verdadeiro revolucionário é movido por grandes sentimentos de amor', a UJS é a expressão do nosso amor pela revolução! Parabéns por mais esse ano de luta! U-J-S!!!!"

Marina Cruz
1ª Secretária da UEE-SP
Coordenadora do Coletivo Universitário Estadual da UJS “Helenira Rezende”

"Tenho 26 anos, quando eu nasci a UJS estava nascendo junto comigo. Faz 10 anos que dedico a minha vida a esta que é uma das maiores organizações de luta juvenil do país. Ser da UJS é saber que só mudamos a historia de nosso país porque a UJS faz da sua historia a luta por um Brasil diferente!"
*
Carlos Eduardo
Presidente da UEE-SP

“Muita força pra UJS nos seus 26 anos. Tenho muito orgulho de ter sido membro de sua Direção Nacional e mais ainda de ter representado a UJS mundo afora como Relações Internacionais. É sempre gratificante perceber como nossa juventude é reconhecida lá fora pela sua capacidade de sintetizar a alegria e a combatividade, a força e a sensibilidade na construção de um Brasil novo. Viva a UJS!”

Ana Maria Prestes Rabelo
Membro do Conselho Internacional do Fórum Social Mundial de Belo Horizonte

"Saudações, camaradas! Para mim, enquanto presidente do diretório municipal do Partido Comunista do Brasil, em Petrópolis/RJ, é motivo de muito orgulho poder saudar os integrantes da União da Juventude Socialista, a nossa querida UJS, companheira de lutas e, mais do que isso, de vitórias! Parabéns pelos 26 anos!"

Renato Freixiela
PCdoB Petrópolis/RJ

"Ser UJS é ver e amar o Brasil de uma forma diferenciada, de uma forma que só a juventude entende, vê e sente. É canalizar nossa rebeldia consequente, característica existente em todo revolucionário, pra transformar mentes e corações! Viva a juventude, viva o Brasil, viva a UJS!"

Vander Rodermel
Presidente da União Catarinense dos Estudantes

"Parabéns à UJS pelos 26 anos em defesa do Brasil, da juventude e do Socialismo. Tenho orgulho de fazer parte dessa história! Aqui no Espírito Santo estamos juntos na luta por 50% do pré-sal para a educação. Podem contar comigo."

Neto Barros
Deputado estadual do Espírito Santo

"Queria parabenizar a gloriosa União da Juventude Socialista por mais este aniversário. Conheci a UJS no já longíguo final dos anos 90, época de oposição ao governo FHC. A UJS me abriu portas, fez olhar o mundo de maneira diferente e para melhor. Também via UJS, conheci muita gente, fiz amigos, não fiz inimigos (o que é muito importante), namorei, terminei, namorei de novo... Enfim, essa escola de Socialismo mudou a vida de muita gente, mudou a minha vida e, certamente, pode mudar a sua! Parabéns à UJS e parabéns a todos nós, militantes, que a construímos todos os dias!"

Fernando Borgonovi
Diretor de Organização da UJS


Leiam também:


A Estrada vai além do que se vê!

O grito da galera 3

Daniel Dias e Geélison Ferreira da Silva

"A eleição de Daniel Dias à Deputado Estadual vai demonstrar uma significativa mudança na política norte mineira, em especial, e mineira como um todo. Significa a superação do controle e dominação praticado por mecanismos que se reproduzem desde muito tempo, como coronelismo, apadrinhamentos, troca de favores, compra de voto, utilização indevida da máquina pública, patrocínios de grupos elitistas, falsas promessas e corrupção. O eleitor de Daniel Dias vota por razões ideológicas, com a consciência de que está produzindo o bem coletivo e não garantindo vantagens individuais. Vota por causa da competência e experiência demonstrada por Daniel em todos os cargos que ele já ocupou, apesar da pouca idade. Vota por causa das propostas, por reconhecer que precisamos de escolas integrais, mais médicos e hospitais, maior investimento em segurança pública. Vota porque conhece a sua história e sabe que ele vai continuar defendo os estudantes, trabalhadores, o meio ambiente, minorias como homossexuais e os movimentos sociais de forma geral. A mudança está em votar em quem vai mudar a realidade social e não permanecer como se fazia antigamente, votando em troca de migalhas, favores e demagogia."

Geélison Ferreira da Silva é sociólogo graduado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Montes Claros – Unimontes, Pesquisador, Bolsista da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - FAPEMIG, Cursa Mestrado em Sociologia na Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG e desenvolve pesquisas na área de segurança pública.


A Estrada vai além do que se vê!

O grito da galera 2

Laís Moreira e Daniel Dias

"Eu voto em Daniel Dias porque acredito em dias melhores e no poder que a juventude tem sobre o futuro. Daniel é um jovem que tem novas idéias e, melhor que isso, ele tem vontade de executá-las. Tem uma história relevante em movimentos políticos e sociais nas mais variadas frentes. É uma pessoa que tem experiência em “pegar a coisa pra fazer” e isso é o que mais precisamos para Assembleia Legislativa hoje. Além de tudo é meu amigo e tenho propriedade para falar da pessoa: pai de família, estudante que é o Daniel, correto, responsável e que sente na pele quase todas as coisas contra as quais vai lutar. Ao contrário do que a maioria dos políticos ele sim sabe o que tem que ser feito e como fazer, vamos dar a ele os meios!

Entre nesta luta por Dias Melhores..."

Laís Moreira, Secretária de Comunicação da UJS Montes Claros, acadêmica de Educação Física da Unimontes e Vice presidente do DCE-UNIMONTES (Gestão 2009).


A Estrada vai além do que se vê!

Duelo na web


A campanha chega às duas semanas finais. É hora de debater, de comparar, de ter as melhores oportunidades de fazer uma escolha boa, que vai perdurar por, no mínimo, quatro anos.

Além dos debates promovidos pelas redes de televisão, rádios e jornais, apresentamos mais uma alternativa de debate para ver, ouvir e decidir. É o “Duelo na Web”, debate entre as juventudes: a que apoia Hélio Costa e a que apoia o outro candidato.

Você tem duas opções para acompanhar. A primeira é comparecer amanhã (23), às 19h no Auditório da Faculdade de Direito da UFMG, na Avenida João Pinheiro, 100, em Belo Horizonte. Caso você more no interior ou não possa comparecer por qualquer motivo, é só acessar http://www.juventudeporminas.com.br/ para acompanhar, ao vivo, o debate.

É hora de decidir!

A Estrada vai além do que se vê!

terça-feira, 21 de setembro de 2010

E chegou a primavera

Saudando a chegada da primavera, publico uma canção do meu saudoso sogro Luiz Guedes, gravada por Elis Regina.

Viva a primavera!

Nova Estação

Compositores: Thomas Roth e Luiz Guedes


Nova esperança bate coração

Renascer cada dia como a luz da manhã

Despertar sem medo, enganar a dor

Disfarçar essa mágoa que anda solta no ar

Ter que acreditar no regresso da estação

Como o sol volta a brilhar, como as chuvas de verão

Ter que acreditar só pra ter razão

De sonhar mais uma vez

Nova esperança bate coração

Renascer cada dia como a luz da manhã

Semear a terra certo de colher

Da semente o fruto depois descansar


Dedicado a minha amada Débora Guedes.

A Estrada vai além do que se vê!

O grito da galera 1

Ronilson Mello e Daniel Dias

Hoje estreamos a seção “O grito da galera”. Serão declarações de apoio da moçada que vai levar a juventude que tem história à vitória em 3 de outubro.

Mande você também a sua letra. Basta escrever o seu motivo para votar em Daniel Dias 65656, anexar uma foto sua (individual, com a sua galera ou com o nosso candidato) e o seu breve perfil (Ex. Ronilson Mello é livreiro e estudante de Ciências Sociais da Unimontes.) e enviar para danieldiasjuventude@gmail.com ou ramonimj@yahoo.com.br. Todo mundo está convocado a dar aquela força nesta reta final de caminhada. Tá esperando o quê? Queremos ouvir seu grito aqui.
Pra inaugurar a seção, Ronilson Melllo, estudante que mostra que está do lado certo.

"Ao se tratar a possibilidade de voto em Daniel Dias, tem-se como precípua a tese de renovação pela representação da juventude. Contudo, esta por si não se sustentaria, caso esse não se justificasse face à sua trajetória como mobilizador político, tanto no ambiente acadêmico quanto no ambiente social de sua vivência, qual seja a região do grande Maracanã. Daniel não está na simplicidade da renovação como apelo primário, ou por ser jovem. Ele está na possibilidade do real pensamento de mudança, face às atitudes inteligentes, tanto quanto as sensíveis à realidade a qual percebe."

Ronilson Mello é livreiro e estudante de Ciências Sociais da Unimontes.


A Estrada vai além do que se vê!

A juventude quer desenvolvimento sustentável

Desenvolvimento sustentável é ação de governo mais valorizada por jovens de BH

Se as definições de “ser jovem” apontam para um mundo a ser explorado sem amarras, é mesmo a “balada” que surge no alto da lista das categorias que brotam espontaneamente de eleitores belo-horizontinos com idade compreendida na faixa de 18 a 24 anos, quando solicitados a indicar o que consideram a melhor coisa em sua juventude. Enquanto 18,8% registram as “farras, as festas, bares, curtição” como o que pode haver de melhor em ser jovem, 12,2% apontam a liberdade e 8,4% a possibilidade de “aproveitar a vida”. Há outras categorias sugeridas: para 5,8% ter “disposição e energia”; para 5,5% “não ter responsabilidades” com dependentes e para 5%, “sexo/namoro” estão entre o que há “de melhor em ser jovem”.

Esses resultados foram apontados pela pesquisa "Juventude, Participação e voto", realizada pela UFMG/Instituto de Pesquisa Sociais, Políticas e Econômica (IPESPE), sob a coordenação da professora e cientista política Helcimara Telles, que teve, em sua equipe, duas jovens estudantes da UFMG de ciências sociais, Aline Burni Pereira Gomes, do 6º período e Mariana Dias, do 9º período. O levantamento de campo junto a 500 jovens de Belo Horizonte com idade entre 18 e 24 anos, foi feito entre os dias 11 e 14 de setembro. A margem de erro é de 4,5 pontos percentuais dentro de um nível de confiança de 95%.

A rigor, eles podem experimentar tudo, mas, ao mesmo tempo, estão ansiosos com a incerteza do futuro profissional. Não decepcionar a família, dando resposta às oportunidades que acreditaram lhes foram proporcionadas, é uma das preocupações principais que brota em meio ao desejo de curtir a balada da vida. “Se a política emerge como pouco relevante para esses jovens, a vida privada tem um valor substantivo: 98% deles consideram a família muito importante”, assinala a pesquisadora Helcimara Telles. Ao lado da família o lazer também é apontado por 98% dos jovens como muito importante. A dimensão do trabalho é indicada por 95% e a religião, por 81,5%. A política, - dimensão coletiva – assume a “lanterninha” da escala de importância: apenas 55,8% consideram-na “muito importante”.

Apesar do desinteresse pela política partidária e pelas instâncias tradicionais de participação, esses jovens têm opinião política e forte. Eles tendem a manifestar opiniões extremas mesmo em temas delicados do debate, evitando a atitude neutra, como ocorre entre eleitores mais velhos. Em algumas questões, inclusive, eles se dividem em um enfrentamento, que se assemelha a um cabo de guerra. Quando questionados, por exemplo, sobre o nível de concordância com a “ocupação de terras improdutivas”, 45,4% se colocam contrários e 46,4% favoravelmente. Apenas 12% se declaram neutros. Da mesma forma, temas envolvendo valores, dividem a juventude: 47,1% se dizem contrários à pena de morte e 48,2% favoráveis. Só 3,8% informam nem ser favoráveis nem contrários. Também a união de pessoas de mesmo sexo mobiliza os jovens: 46,5% são contrários e 40,2% a favor.

Ao mesmo tempo em que se revelam liberais democratas – com maioria expressiva se colocando contrários ao fechamento do Congresso (60,2%), contrários à extinção de partidos políticos (57,6%) e ao controle dos meios de comunicação de massa (57,7%), eles têm postura tradicional na análise de temas polêmicas como a descriminalização do uso maconha e a eutanásia: respectivamente 66,2% e 68,4% se declaram contrários. Para 70,3% o ensino religioso deve ser ministrado nas escolas.

Inseridos em um contexto democrático e de prosperidade econômica, a expectativa desses jovens é de que o foco principal das ações de governo seja centrado em ações que estão além das preocupações materiais de combate à inflação – citada por apenas 12% - e a manutenção da ordem”, indicada por 23,9%. Para 33,5% a ação mais importante de governo é possibilitar o desenvolvimento sustentável e, para 9,6% é preservar o meio ambiente – que ocupa igual índice de apoiamento. Na avaliação da pesquisadora Helcimara Telles, parece emergir entre os jovens um novo valor, focado no meio-ambiente. “Isso pode ser confirmado por uma simpatia pelo Partido Verde (PV) muito maior do que a média de outros estratos etários”, afirma.

Agenda política
A violência é o tema da agenda política que mais mobiliza os jovens de Belo Horizonte: 40,4% apontam-no como aquele que mais os preocupa. A saúde é o segundo assunto que mais desperta a atenção dos jovens – 17,5% - seguido do desemprego, citado por 9,4% e pelas drogas, indicada por 8,2%. Enquanto educação e desigualdade social ocupam igual patamar de preocupação na agenda dos jovens – respectivamente citadas por 7,2% e 7,6% - a corrupção na política está entre os temas que menos mobiliza a juventude: apenas 6,2% a indicam só ficando à frente da temática da discriminação/preconceito, apontada por 3,4% dos jovens.

Do Blog da Bertha


A Estrada vai além do que se vê!

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

A força da militância nas ruas e na web

Dilma, Zito, Lula e Hélio Costa em comício realizado em Juiz de Fora na última sexta-feira (17)

Mesmo com o denuncismo tomando conta de jornais e TVs, pesquisas mostram força da vontade popular e Dilma segue na frente.

Apesar das últimas semanas terem sido de bombardeio midiático intenso sobre a candidatura de Dilma Rousseff, as pesquisas de intenção de voto continuam mostrando o repúdio do povo brasileiro ao conchavo mídia/oposição. Em levantamento divulgado no último final de semana pelos institutos Ibope e Vox Populi, a vantagem da petista sobre José Serra se manteve intacta e indica a definição já no primeiro turno.

No Ibope, Dilma aparece com 51%, contra 24% de seu principal adversário. Os números são idênticos ao Vox Populi, que aponta, no entanto, 11% de indecisos – o Ibope mostra 8%. Também diferem as intenções de voto em Marina Silva, com 8% no Vox Populi e 11% no Ibope. Outro indicativo do Vox Populi, o tracking diário, traz Dilma Rousseff com 53% no levantamento do dia 19 de setembro, contra 24% de Serra.

Tais dados comprovam que o papel da militância nas ruas e na internet foram fundamentais para desmascarar o golpe da oposição bancado pela velha mídia. Desde as primeiras tentativas da chamada “bala de prata”, com as acusações sobre quebra de sigilo fiscal de tucanos, até agora, com a Casa Civil sendo alvo preferido dos golpistas, a presença da #ondavermelha por todo o país foi eficaz no esclarecimento do eleitorado, cada vez mais maduro e interessado por propostas. Mais ainda, os desmentidos aparecem na internet em tempo recorde e a velha mídia perde credibilidade em progressão geométrica.

A duas semanas das eleições, é fundamental, portanto, que essa mobilização só aumente, pois quanto maior o desespero daqueles que estão atrás na pesquisa, mais baixo fica o nível do discurso que será ecoado pela imprensa. Cabe aos blogueiros engajados na campanha pró-Dilma publicar o contraponto, e à militância espalhar essas informações nas atividades. Até sexta-feira, nova rodada de pesquisas será apresentada e apontará os rumos do pleito na última semana de campanha. O Brasil precisa, mais do que nunca, do esforço de todos para garantir a continuidade e o aprofundamento das mudanças.

Leia mais: Semana Nacional da Juventude contra os golpistas



A Estrada vai além do que se vê!

Aécio e Anastasia não assumem Serra

Aecinho joga a toalha

"Santinhos" de Aécio e Anastasia omitem Serra

Na reta final da campanha, os "santinhos" dos candidatos começam a aparecer com as chamadas "colas" — que representam a ordem dos candidatos que aparecerá na urna eletrônica. Mas os materiais do PSDB que circulam em Juiz de Fora (MG) não indicam o voto no 45 de José Serra para a Presidência.

Na principal cidade da Zona da Mata mineira, um milhão de colas foram confeccionadas para o partido. O campo reservado para o candidato à Presidência aparece vazio, e o material também não estampa a foto de Serra.

Estão preenchidos apenas os números e nomes do ex-governador Aécio Neves (PSDB) e do ex-presidente Itamar Franco (PPS), candidatos a senador, e o do governador Antonio Anastasia (PSDB), que tenta se reeleger. As fotos de Aécio e Itamar aparecem ladeadas por Anastasia.

Recentemente, Aécio foi cobrado a ajudar Serra no estado. O mineiro prometeu colocá-lo no seu programa eleitoral e começou a fazer isso desde a semana passada, apresentando três imagens, mas sem referência a Serra. Ao longo de toda a campanha, o PSDB-MG vem sendo cobrado a expor a imagem de Serra no material de campanha de Anastasia e Aécio — mas são poucos os impressos com o presidenciável.

O desempenho de Serra em Minas causou um mal-estar entre Serra e Aécio. Queixando-se de Aécio, o comando da campanha de Serra reduziu o volume de visitas do candidato a Minas. Agora, não há previsão de sua presença no estado na reta final da campanha.

O PSDB mineiro convidou Serra para uma "caminhada da vitória", mas não informou a data. Isso foi recebido pela campanha presidencial como sinal de má vontade. Aécio, por sua vez, argumenta ao comando do PSDB que a nacionalização da disputa em Minas Gerais põe em risco a eleição de Anastasia.

O PSDB tem alegado que na coligação que apoia a candidatura de Anastasia para o governo e as de Aécio e Itamar para o Senado estão 12 partidos que têm posições distintas no cenário eleitoral nacional. O PDT, PSB e PR, por exemplo, apoiam a petista Dilma Rousseff (PT).

No sábado, Anastasia repetiu a argumentação dos tucanos mineiros: "Temos uma base política que também apoia nacionalmente a candidata (Dilma)". O governador e candidato à reeleição acrescentou: "Continuamos na mesma linha, apoiando o nosso candidato José Serra com nosso material e nossas palavras, mas sabemos que cada um fará sua escolha. Vamos continuar demonstrando as vantagens do nosso candidato".

Do Portal Vermelho, com informações da Folha.com


A Estrada vai além do que se vê!

Plínio recebe Projeto UNE pelo Brasil

UNE e UEE-SP entregam plataforma estudantil a Plínio de Arruda Sampaio

O candidato à presidência da República recebeu o Projeto UNE pelo Brasil em evento na USP; DCE da universidade está promovendo sabatinas com os presidenciáveis.

“Recebo, muito honrado, o fato de a direção da UNE considerar que essa candidatura precisa conhecer o pensamento da entidade histórica dos estudantes”, declarou Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) ao ganhar do presidente Augusto Chagas o Projeto UNE pelo Brasil, plataforma política dos estudantes para o processo eleitoral de 2010. O ato aconteceu na quinta-feira (17), no prédio das Ciências Sociais (FFLCH) da USP, onde acontecia a primeira sabatina de uma série promovida pelo DCE Alexandre Vannucchi Leme.

Com o Projeto em mãos, o presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE) explicou a proposta dos estudantes e o que está contido no documento, além de confirmar o respeito que a UNE tem pelo candidato e sua trajetória. “É também uma honra poder compartilhar com sua candidatura nossas propostas para o desenvolvimento do Brasil”, afirmou Chagas.

Também presentes o diretor de Movimentos Sociais da UNE, Vitor Lucena, que coordenou o ato, e o diretor jurídico da entidade, Luis Felipe Maciel. Os diretores da União Estadual dos Estudantes de São Paulo (UEE-SP), Marina Cruz e Alexandre Silva, representaram a entidade paulista.

“Essa é a maneira com a qual decidimos contribuir com o debate nessas eleições, com nossas ideias e disposição de luta”, completou Chagas.

Projeto UNE pelo Brasil
Além de Plínio - o primeiro presidenciável a receber a plataforma dos estudantes -, a UNE já entregou o Projeto aos candidatos ao governo do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), e do Pará, Ana Júlia (PT). Trata-se de um documento amplo, construído com propostas discutidas entre as principais lideranças estudantis de todo o país em abril deste ano, no Conselho de Entidades Gerais (Coneg) da UNE.

Você também pode participar dessa mobilização estudantil nas eleições 2010. Baixe a versão digital do Projeto UNE pelo Brasil, entregue aos seus candidatos ao parlamento e garanta o comprometimento com as causas estudantis!




A Estrada vai além do que se vê!

domingo, 19 de setembro de 2010

CTB realiza Cursos de Formação Sindical

Curso realizado no Sindifogos, em Santo Antônio do Monte (2009)

Cidades do interior de Minas recebem Cursos de Formação Sindical

A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) Minas vem realizando uma série de Cursos de Formação Sindical em todo o estado, de acordo com a metodologia do CES (Centro de Estudos Sindicais). A programação trata da história do Movimento Sindical, concepções de atuações das entidades de representação dos trabalhadores, além das conjunturas nacional e internacional.

Em Uberaba, participaram aproximadamente 30 lideranças de sindicatos dos vigilantes, metalúrgicos, professores e trabalhadores rurais, além de assentamentos de Sem Terra. Eles se reuniram nos dias 10 e 11 de setembro. O diretor de Formação da CTB Minas, Adelmo Rodrigues, avalia que o encontro foi muito produtivo, porque os trabalhadores tiveram o acesso a conceitos importantes para a atuação classistas, como “mais-valia” e “luta de classes”.

“A participação foi muito boa, representou um avanço para a organização sindical, não só para a CTB no mas para o movimento sindical do Triângulo Mineiro”, declarou Adelmo. No sul do estado, os diretores do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Guaranésia também receberam um curso de formação básica no dia 11 de setembro.

A Comissão de Formação da CTB Minas vai se reunir no dia 7 de outubro, em Belo Horizonte, para organizar novas edições do Curso de Formação, que devem acontecer ainda neste semestre. O objetivo é integrar os trabalhos de formação da CTB Minas e dos Sindicatos. Todos os cursos são gratuitos.



A Estrada vai além do que se vê!

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Começou a Semana Nacional da Juventude

Semana Nacional da Juventude contra os golpistas

Militância sai às ruas para mostrar que o Brasil quer continuar andando para frente com Dilma na presidência.

A partir do twittaço desta sexta-feira, 17 de setembro, com a hashtag #GaleradaDilma bombando no Twitter, e até o dia 24 de setembro, a juventude brasileira se une em prol da candidatura de Dilma Rousseff em todo o país na Semana Nacional da Juventude. Saindo às ruas com bandeiraços, panfletagens, apitaços e caminhadas, escrevendo textos com informações propositivas que esclareçam o eleitor, publicando vídeos na internet ou promovendo plenárias tanto na internet quanto ao lado dos amigos, vale tudo para mostrar que o Brasil quer continuar crescendo e que não aceita golpes contra a democracia.

Diversas atividades já estão programadas nas principais cidades do país, mas qualquer um pode se mobilizar junto a sua comunidade e engrossar a #ondavermelha . O site Galera da Dilma, que agrega as juventudes partidárias que apóiam a petista, está concentrando a divulgação dos atos no e-mail galeradadilma@gmail.com e também disponibilizou materiais para download. O site traz, ainda, recomendações para a militância e conta com diversos vídeos que mostram o apoio maciço dos brasileiros ao movimento.

A União da Juventude Socialista (UJS), como de praxe, vai fazer seu barulho e aproveita para comemorar o 26º aniversário da entidade durante a Semana Nacional da Juventude. A contagem regressiva para o grande dia (22 de setembro) já começou, pois teremos uma agenda recheada de atividades.

Ato contra o golpe midiático – O Centro de Estudos Barão de Itararé promove no próximo dia 23 de setembro, às 19h, em São Paulo, um ato em repúdio às baixarias e ao golpe midiático levados a cabo pela oposição nessas eleições. Centrais sindicais, movimentos sociais, partidos e personalidades irão se reunir no Sindicato dos Jornalistas de São Paulo para protestar contra o denuncismo que tomou conta da agenda eleitoral. Mais informações no Escrevinhador, do jornalista Rodrigo Vianna.



A Estrada vai além do que se vê!

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Marina Silva em Montes Claros

Reproduzo abaixo reportagem do Christiano Jilvan, grande jornalista montesclarense, sobre a passagem de Marina Silva hoje pela cidade. A reportagem foi publicada pela página eletrônica do Estadão.

Marina: caso Erenice pode abalar campanha de Dilma

CHRISTIANO JILVAN - Agência Estado

A decisão da ministra da Casa Civil, Erenice Guerra, em entregar o cargo em caráter irrevogável foi vista como "no mínimo bom senso" pela candidata à Presidência pelo PV, Marina Silva, que comentou o assunto durante visita a um comitê do partido no centro de Montes Claros, no norte de Minas Gerais, na tarde de hoje. Segundo Marina, o caso pode abalar o projeto petista de eleger sua candidata, Dilma Rousseff, no primeiro turno.

"É o primeiro bom resultado. Aguardava por isso desde o início dos fatos e que bom que ele veio agora para mostrar quem realmente são as pessoas que aparecem pedindo votos. Só espero que essa saída não se traduza no fim da investigação de uma denúncia das mais graves na política deste País, principalmente em um período eleitoral cuja situação é absolutamente nebulosa", completou a candidata.

A presidenciável do PV tratou de elogiar a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), pela manifestação a favor de uma investigação mais apurada das denúncias de lobby envolvendo a agora ex-ministra Erenice, assim como o posicionamento do Ministério Público (MP) em cobrar um efeito prático. "Espero que, com este caso, de uma vez por todas, o Brasil se normalize para um debate que atenda ao interesse exclusivo do eleitor. As eleições de hoje estão sequestradas", disse.

Marina reiterou que os adversários melhores colocados nas pesquisas fazem uma campanha de baixo nível, dando prioridade apenas ao ataque pessoal e ignorando o eleitor. "Esse cenário mostra um retrocesso político, mas não me rendo a isso. Vou continuar debatendo o meu programa de governo", disse a candidata do PV, que acredita que sua candidatura sofrerá um efeito positivo a partir desta decisão da ex-titular da Casa Civil.

"Não vou perder tempo de ficar citando o nome da Dilma ou do Serra (José Serra, presidenciável do PSDB). Vou usar as minhas palavras para mostrar ao eleitor as propostas que realmente interessam ao Brasil."

Onda verde
Ainda em Montes Claros, Marina deixou a entender que os números das pesquisas, em especial a divulgada hoje pelo Datafolha, em que aparece em terceiro lugar com 11% das intenções de voto, e a realidade no corpo a corpo nas ruas estão bem diferentes. "Vejo é uma onda verde, bem além do que está sendo mostrando nas TVs".

Por causa do atraso de duas horas na agenda entre Varginha, no sul de Minas, e o norte do Estado, Marina teve que suspender a visita que faria à Usina de Biodiesel da Petrobras em Montes Claros. Resumiu seus compromissos ao comitê e a uma caminhada pelas ruas do centro da cidade, visitando o tradicional Café Galo, por onde passaram os outros candidatos com agenda no município.

Lembrando que amanhã tem transmissão ao vivo no blog do comício com Lula, @wadson_ribeiro @zito650senador @HelioPatrus15 e @dilmabr em Juiz de Fora no Terreirão do Samba, avenida Brasil, s/nº, Centro.

A Estrada vai além do que se vê!

A Galera da Dilma vem aí

#GaleradaDilma agita Semana Nacional da Juventude

Atividades já estão confirmadas e a organização convoca toda a militância pró-Dilma para a reta final da campanha.

A Semana Nacional da Juventude, que acontece entre os dias 18 e 24 de setembro, já tem atividades agendadas em todo o país. A mobilização, que pretende dar o impulso final à vitória de Dilma Rousseff, vai contar com bandeiraços, bicicletadas, panfletagens e debates. A ideia é repetir o sucesso do Dia Nacional de Mobilização da Juventude, que pintou o Brasil de vermelho no último dia 7 de agosto.

Para aquecer a galera, um twittaço com a hashtag #GaleradaDilma acontece na véspera da Semana Nacional da Juventude, dia 17, das 11h às 15h. Com relação aos eventos confirmados, a agenda começa com uma panfletagem na Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro, a partir das 10h do dia 18. Na mesma data, só que das 9h às 13h, Curitiba também terá uma panfletagem na Boca Maldita. A capital paranaense conta com outra distribuição de material no dia 19, na feirinha do Largo da Ordem, das 8h às 13h. No dia 20, outra panfletagem no Rio, na Feira do Villar dos Telles, das 12h às 15h. Os paraibanos prometem barulho no bandeiraço do dia 23, que irá tomar conta de vários pontos da cidade de João Pessoa. O dia 24 terá atividades simultâneas no Rio de Janeiro – com uma festa no Galpão da Dilma, na rua Pedro Alves, nº 40, às 19h – e no centro histórico de São Luiz (MA), com um Ato Político.

Mesmo com a agenda recheada, ainda dá tempo de organizar outros eventos semelhantes, pois é importante a participação maciça dos jovens na corrida eleitoral. Ao mesmo tempo, vale produzir textos, fotos e vídeos para registrar os atos e divulgar propostas. Aqueles que quiserem compor a programação da Semana, basta mandar um e-mail para o site Galera da Dilma galeradadilma@gmail.com que está mapeando todas as ações organizadas.

Aniversário da UJS – Durante a Semana Nacional da Juventude, a União da Juventude Socialista (UJS) irá comemorar seus 26 anos de lutas com a militância socialista saindo às ruas e confraternizando em diversas cidades. O planejamento aos poucos vai saindo e a galera de Salvador já fechou uma festa às 20h do dia 18 de setembro, no Idearium, em Rio Vermelho. O evento é gratuito e contará com shows e DJs. Para as direções estaduais que definirem sua programação, o Portal UJS vai receber informações de divulgação no e-mail ujsnacional@gmail.com. Nacionalmente, a entidade prepara um dia intenso de manifestações.

Do Portal da UJS com informações do site Galera da Dilma.

Leia mais:
A galera da Dilma


A Estrada vai além do que se vê!

CTB participa de seminário do CONJUVE

Ocorre durante essa semana o Seminário de Avaliação de Políticas Públicas para a Juventude no Governo Lula, organizado pelo Conselho Nacional de Juventude (CONJUVE) em parceria com a Secretaria Nacional de Juventude (SNJ) na Escola Nacional de Administração Pública em Brasília.

O Seminário reúne gestores públicos, pesquisadores(as), representantes do movimento juvenil e organizações da sociedade civil e os próprios conselheiros. Todos os dias ocorre uma oficina com exposição de membros do governo, seguida dos acadêmicos e o debate com a sociedade civil e os conselheiros. Desse debate, seguirão subsídios para que o Conselho Nacional da Juventude aprove um documento com Avanços, Desafios e Recomendações para as PPJ no Brasil. Dada a importância do período em que se criou a Secretaria, o conselho e se aprovou a PEC da Juventude, esse debate é muito importante para as PPJ.

O Seminário é organizado pela Comissão de Acompanhamento de Políticas e Programas (CAPP), da qual participa a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB). A agenda é constituída dos seguintes temas:

13/09 - Cultura
13/09 - Tecnologia da Informação e Comunicação
14/09 - Vida Segura e Direitos Humanos
15/09 - Trabalho
16/09 - Participação Juvenil
17/09 - Educação
20/09 - Saúde
21/09 - Esporte
21/09 - Meio Ambiente
22/09 - Institucionalizção das Políticas Públicas de Juventude

O debate sobre as Políticas de Juventude para o Trabalho
Durante toda a terça-feira, 15/09 ocorreu a mesa avaliando as PPJ de Trabalho entre 2003 a 2010. Mediaram o tema o Secretário de Juventude Trabalhadora, Paulo Vinícius, juntamente com Rosana Sousa, da CUT.

O Ministério do Trabalho foi representado pelo Assessor do Ministro e Secretário de Políticas Públicas de Emprego, Manoel Eugênio Oliveira. O Ministério da Agricultura foi representado por Rachel Santori, que é coordenadora-geral de capacitação do Programa de Crédito Fundiário.
*
Participaram do dia de debates a especialista em Gênero da Organização Internacional do Trabalho (OIT), Laís Abramo, a técnica do DIEESE, Lilian Arruda, e Maria Clara Corrochano pela Ação Educativa. Também participaram do Seminário Tiago Mitraud pela Confederação Brasileira de Empresas Juniores e Edmar Lorencini dos Santos pela Confederação Brasileira de jovens empresários e Valdinei Valério, da Pro Cerrado. Outras participações da Comissão de Programas do Conjuve foram as de Rebeca Ribas do Instituto Aliança e de Marjorie Botelho, do Ponto de Cultura Memória Visual.

A contribuição da CTB ao debate versou sobre a necessidade de um projeto de desenvolvimento que possibilite crescimento econômico com distribuição de renda e valorização do trabalho, que assegure o ambiente econômico para a incorporação da juventude no mercado de trabalho, abrindo espaço para a efetividade das políticas públicas. Nesse sentido, o ambiente macroeconômico de alta taxa SELIC e de superávit primário elevado e o regime de metas de inflação mostraram seu alto preço para o emprego no país.

Outro tema destacado pela CTB foi o da consolidação institucional das políticas juvenis, do conselho e dos órgãos gestores juvenis, assim como a dispersão dos programas juvenis, distribuídos em várias pastas e a necessidade de ampliar a intersetorialidade.

Dada a situação de mais de 49 milhões de jovens comporem hoje a População Economicamente Ativa, é preciso assegurar que o seu ingresso no mercado de trabalho tenha qualidade. E se o(a) jovem abandona os estudos para trabalhar, que qualidade é essa? Por isso a CTB defendeu políticas públicas que assegurem a continuidade dos estudos dos trabalhadores, assim como as 40 Horas semanais e a consideração de horas de estudo e qualificação como parte da jornada juvenil.

Paulo Vinícius para o Portal CTB
A Estrada vai além do que se vê!

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

A juventude quer Dilma presidente

Em 21 dias, Dilma subiu mais 2,2 pontos percentuais entre os eleitores de 16-17 anos e abriu 40,1 pontos de vantagem para o candidato demotucano nesta faixa etária, de acordo com a mais recente pesquisa CNT/Sensus. A candidata já é a preferida por 57,8% dos eleitores que votarão pela primeira vez!

Neste mesmo período, Serranic caiu 2,5 pontos percentuais, de 20,2% para 17,7% na preferência dos jovens de 16-17 anos. Há muito tempo, Dilma lidera em todas as faixas etárias. Entre os eleitores de 18-24 anos, Dilma (48,3%) está 22 pontos à frente de Serrágio (26%).

Já entre os eleitores de 25-29 anos, a candidata têm uma vantagem ainda maior: 24,8 pontos percentuais. Dilma é a predileta de 52,7% dos eleitores de 25-29 anos. O mesmo se repete entre eleitores de 30-39 anos, com 49,7%; de 40-49 anos, com 51,3%; e 50 anos ou mais, com 49,7%.

Evolução vertiginosa - Contudo, os dados mais impressionantes não são esses. Em um ano, a candidata pulou de 15,7% (set/2009), na preferência de jovens entre 16-17 anos, para 57,8% (set/2010). Logo, ela mais que triplicou sua intenção de voto nesta faixa etária!

Na próxima pesquisa, é possível que Dilma tenha quadriplicado o percentual de votos dos eleitores de 16-17 anos. Basta conseguir mais cinco pontos e chegar a 62,8% (out/2010).

O instituto entrevistou dois mil eleitores, em 136 municípios brasileiros de 24 estados, nas cinco regiões brasileiras, no período de 10 a 12 de setembro.

Acesse aqui a pesquisa completa.



A Estrada vai além do que se vê!

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Pra você crescer junto com São Paulo

Programa de Governo para São Paulo

Está saindo do forno! Aloizio Mercadante lança os dois primeiros cadernos de seu Programa de Governo.

O caderno de Educação será lançado no amanhã (14), às 13h30, em comício no município de Suzano, na Avenida Mogi das Cruzes, s/ nº, em frente ao campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP). Já o lançamento do caderno sobre Segurança Pública ocorre no centro da capital, dia 15, às 11h, em evento no Hotel Braston Augusta (Rua Augusta, nº 467, Consolação).

O Programa de Governo petista é composto por 13 tópicos. Além dos de Educação e Segurança Pública, estão Transporte, Saúde, Desenvolvimento Econômico, Desenvolvimento Regional, Preservação Ambiental, Infraestrutura Urbana e Social, Gestão Democrática e Participação Social, Juventude, Mulheres, Igualdade Racial e Promoção da Cidadania e Inclusão Social, sendo que este último agrega vários outros subtópicos, como cultura, esporte e lazer, crianças e adolescentes, idosos e LGBT.

No dia 21, Mercadante apresenta o caderno de Saúde e no dia 23 todos os demais, em local e horários ainda a serem definidos.

Conheçam a Rede Mercadante clicando aqui.


A Estrada vai além do que se vê!

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

A galera da Dilma

Em Montes Claros, Daniel Dias e a moçada da UJS irão comandar a mobilização juvenil


Vem aí a Semana Nacional de Mobilização da Juventude

A União da Juventude Socialista (UJS), ao lado de diversas juventudes partidárias, convoca uma grande movimentação na reta final da campanha eleitoral.

Agregando forças com a JPT, JSB, JS PDT, Juventude Pátria Livre e JPMDB, a União da Juventude Socialista convoca toda sua militância para um engajamento maciço na Semana Nacional de Mobilização, que acontece entre os dias 18 e 24 de setembro. A ideia das entidades é repetir o sucesso do último dia 07 de agosto, em que milhares de pessoas manifestaram publicamente seu apoio à candidatura de Dilma Rousseff.

Dessa maneira, as juventudes pretendem ocupar ruas, escolas e universidades com bandeiraços, panfletagens, caminhadas, adesivagem, carreatas e atividades políticas e culturais para garantir a participação efetiva e decisiva da juventude na eleição de Dilma. A participação é totalmente aberta e qualquer um pode organizar sua própria atividade, bastando apenas enviar as informações do ato para o e-mail galeradadilma@gmail.com. No Twitter, vale marcar presença com a hashtag #galeradadilma.

A Semana Nacional de Mobilização irá englobar também as comemorações do aniversário da UJS. A direção da entidade prepara uma intensa agenda de atividades por todo o país no dia 22 de setembro, quando a UJS completa 26 anos de lutas. A programação será divulgada em breve e a intenção é estampar nossa bandeira pelas ruas em defesa do aprofundamento das mudanças no Brasil e contra o retorno da direita conservadora.

Para ficar por dentro de todas as novidades da Semana Nacional de Mobilização, vale visitar o site Galera da Dilma.

Leia também: Mobilizar a juventude para garantir uma ampla vitória de Dilma no dia 03 de outubro



A Estrada vai além do que se vê!

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Apostar na juventude é investir no Brasil

Entidades estudantis convocam cibermilitância em defesa do Pacto pela Juventude

As 67 organizações representantes da Sociedade Civil que compõem o Conselho Nacional de Juventude (Conjuve), entre elas a União Nacional dos Estudantes (UNE), União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) e Associação Nacional dos Pós Graduandos (ANPG), estão convocando todas as suas redes em defesa do Pacto pela Juventude 2010.

O documento traz as propostas para a construção conjunta de uma agenda pública de juventude condensadas em 12 eixos temáticos que tratam de incentivo, marco legal, educação, trabalho, políticas afirmativas, cidadania, cultura, esporte e lazer, saúde, segurança, moradia, acesso a terra e participação.

O objetivo das entidades estudantis é mobilizar grupos em todo o país para contribuir com o debate nos estados e municípios sobre a importância de comprometer o poder público com as pautas do movimento juvenil.

“Dessa forma queremos garantir os direitos da juventude. Consolidar as políticas públicas como políticas de Estado deve ser uma resposta aos desafios de desenvolvimento do Brasil”, destaca o vice-presidente do Conjuve, João Vidal.

A idéia é fazer com que os candidatos e candidatas aos governos federal, estaduais e municipais se comprometam com o planejamento de políticas públicas de juventude em suas plataformas eleitorais e, posteriormente seu desenvolvimento entre as ações de governo.

UNE, UBES, CUCA e ANPG se mobilizam
"A UNE faz uma movimentação muito parecida com o Pacto da Juventude, que é o Projeto UNE Pelo Brasil. Para nós, é muito importante casar a mobilização de divulgação desses dois documentos. O pacto amplia o potencial de reivindicação de políticas públicas de juventude. A UNE vem mobilizando a rede do movimento estudantil pelo Brasil para garantir que as nossas pautas sejam apresentadas, sempre com campanhas conjuntas", explica a diretora da UNE e integrante do Conjuve, Marcela Rodrigues.

A presidente da Associação Nacional dos Pós Graduandos (ANPG), Elisangela Lizardo, diz ser fundamental o compromisso dos candidatos com o Pacto. Para ela é necessário a rede do movimento estudantil garantir o compromisso do poder público com a educação a ciência e a tecnologia. “A ANPG pretende realizar atividades de assinaturas. Vamos reunir a nossa diretoria e pensar formas para isso acontecer neste último mês das eleições”, destaca.

Para o representante do Circuito Universitário e Cultura e Arte (CUCA) da UNE no Conjuve, Alexandre Santini, o Pacto representa a consolidação do esforço conceitual do que foi feito em programas de políticas públicas para a juventude nesse ultimo período. “Junto à juventude que atua nos Pontos de Cultura, o CUCA também está mobilizando a sua rede, procurando dessa forma incorporar outros segmentos a esse debate. A questão da cultura está bastante contemplada no Pacto, uma vez que as resoluções da Conferência Nacional abordam muitos pontos importantes relacionadas à juventude e a cultura. Isso pode agora ser efetivado como política de estado”, disse.

Já o presidente da UBES, Yann Evanovick, garante que toda a rede da entidade estará mobilizada para garantir a divulgação do Pacto. "Para a UBES é de fundamental importância que o jovem, além de votar, saiba em quem irá depositar o seu voto, analisando, de fato, o candidato que esteja comprometido com a juventude. O documento legitima o compromisso do candidato com a juventude brasileira, portanto, quem assinou esse documento, tem apoio incondicional da nossa entidade", declara.

Cibermilitância: @pactojuventude #pacto2010
Qualquer pessoa pode realizar uma atividade do Pacto pela Juventude. É só mobilizar a sociedade e convidar candidatos e candidatas para assinarem a proposta. Todas as informações, incluindo "passo-a-passo" sobre como realizar uma atividade do Pacto você encontra no Blog: http://www.pactopelajuventude.wordpress.com/.

Todas as atividades do Pacto pela Juventude, assim como a lista dos candidatos que aderirem a essa ideia, serão divulgadas no blog do Pacto pela Juventude e no twitter: @pactojuventude. A hashtag usada é #pacto2010.

A UNE, UBES e ANPG convocam toda a rede do movimento estudantil para participar da campanha em defesa do “Pacto pela Juventude”. Por meio do twitter das entidades pretende-se fazer uma grande “passeata virtual”. Participe e divulgue aos seus seguidores no twitter.

Rafael Minoro para o EstudanteNet


A Estrada vai além do que se vê!