quarta-feira, 11 de junho de 2008

Homem bate recorde de velocidade em Santa Catarina





Homem é multado por dirigir a 4.800 km/h


Gol "bola" estaria trafegando a quatro vezes a velocidade do som em Blumenau

Que os carros são cada vez melhores e mais rápidos, não resta dúvida. O que ninguém sabia é que já há modelos capazes de ultrapassar a barreira do som.
Em 2001, o advogado Jucelei Tavares Menezes, morador de Blumenau, em Santa Catarina, foi multado em R$ 102,15 por dirigir a 4.800 km por hora em frente ao um hospital de sua cidade. O carro, um simples Gol "bola" 1.6.

A velocidade citada pela multa corresponde a quatro vezes a velocidade do som ou duas vezes a velocidade de um jato supersônico Concorde, que voava até 2.600 km por hora.
O erro foi logo identificado e no dia seguinte ao recebimento da multa, ligaram para cancelá-la.
O advogado catarinense desbancou o engenheiro de alimentos Rafael Andrade, do Distrito Federal, que detinha o recorde nas pistas até então. Ele foi pego "voando" no Rio de Janeiro a 880 km por hora.


Surreal. Tsc, tsc!


A Estrada vai além do que se vê!

2 comentários:

Luciana Lopes disse...

É cada coisa que aparece.
Tenho a seguinte teoria: se quer voar,pilota um avião. Isso acaba sendo um incentivo para outros irresponsaveis que acham que podem tudo. No transito não é só a vida do motorista qye esta em jogo mas de todos que trafegam nas vias e avenidas.
O engraçadinho super sonico deveria voltar pra alto escola e reaprender as leis de transito, alem claro, de tomar uma dose de conciencia e responsabilidade.

Guilherme disse...

Por isso o Brasil não vai pra frente pq tá cheio de pessoas irresponsáveis, o Brasil possui um dos maiores índices de acidentes de carros no mundo, se quiser correr a 4800 Km/h que vá correr a 30 mil pés numa aerovia não nas rodovias.