terça-feira, 20 de maio de 2008

O Meio-Passe vem aí!

Em reunião realizada no último sábado (17), na sede do Diretório Central dos Estudantes da Unimontes (DCE – Unimontes), foi criada a Comissão Permanente em Defesa do Meio Passe Estudantil. A mesma é formada por integrantes da União Nacional dos Estudantes (UNE), União Colegial de Minas Gerais (UCMG), Diretório dos Estudantes de Montes Claros (DEMC), Diretório Acadêmico de Direito das Faculdades Integradas Pitágoras de Montes Claros, Associação dos Discentes do Norte de Minas (ADINORTE), e DCEs da Unimontes, FACIT, FUNORTE e FASI. Além da criação da Comissão, as entidades também analisaram a proposta de passe estudantil apresentada pela Prefeitura.
Após a pressão exercida pelas manifestações estudantis ocorridas em março e abril, a Prefeitura apresentou na semana passada a minuta do Projeto de Lei que institui o passe estudantil no sistema de transporte coletivo urbano do Município de Montes Claros. A proposta fixa o desconto do passe escolar em 40%, apenas para estudantes com renda familiar de até dois salários mínimos e com limite de duas viagens diárias.
Os membros da Comissão apresentaram parecer em que discordam das limitações apresentadas, mas demonstraram disposição em negociá-las. Segundo a Vice-Presidente do PV Jovem e representante do D.A. de Direto das Faculdades Pitágoras, Fabiane Fernandes, “comemoramos agora a iniciativa de negociação do meio passe estudantil pela Administração com a Comissão de Representantes dos Estudantes de Montes Claros. Este é o início da luta dos estudantes e a permanência da Comissão, a qual em breve estará lutando por novos direitos rechaçados em nossa cidade”.
A negociação dos termos do Projeto de Lei também é vista com bons olhos pela administração municipal. Em entrevista publicada na edição de hoje do jornal Hoje em Dia, o Presidente da Empresa Municipal de Transportes e Trânsito (Transmontes), Petronilho Narciso, admite que o projeto poderá passar por novas discussões com as entidades.
O representante da UNE, Danniel Coelho, valorizou a unidade das entidades estudantis na luta pelo meio-passe, “o parecer das entidades reafirmando o meio-passe demonstra a força do movimento estudantil unificado. É positiva a vontade da Prefeitura em negociar e penso que, em breve, os estudantes montesclarenses poderão usufruir do resultado dessa luta histórica”.
Além da negociação com a Prefeitura, os estudantes também estão correndo a cidade com o Projeto de Lei de Iniciativa Popular do Meio-Passe Estudantil. São necessárias assinaturas de 5% dos eleitores da cidade. Segundo o Vice-Norte da UCMG, Lucas Alves, “até o momento mais de 9 mil assinaturas foram recolhidas, esperamos concluir o trabalho até o início da próxima semana”. Lucas afirmou que o objetivo é chegar a 15 mil assinaturas para o primeiro projeto de lei de iniciativa popular da história de Montes Claros. Os interessados em ajudar na mobilização podem entrar em contato com o DCE da Unimontes através do fone 3229 8203 ou com Lucas através do fone 9105 3650.
"Este é um momento histórico, pois representa um grande avanço na defesa de melhores condições dos estudantes terem o acesso à educação, cultura, ao esporte e lazer, a hora é agora!" - enfatiza Diego de Macedo, Presidente do DCE Unimontes.
Para conferir a Ata da reunião das entidades e o parecer da Comissão, clique aqui.


A Estrada vai além do que se vê!

Um comentário:

Éder disse...

Prêmio iBest 2008: VERMELHO é eleito o melhor site de política do Brasil!