sexta-feira, 5 de setembro de 2008

UJS apóia a luta dos professores da Unimontes

Nota da União da Juventude Socialista em apoio ao movimento por melhoria salarial dos docentes da Unimontes

A União da Juventude Socialista – UJS, organização juvenil fundada em 22 de setembro de 1984, tem como objetivo defender os direitos da juventude à liberdade, ao trabalho, educação, saúde, esporte, lazer e cultura. Por isso, a UJS vem a público manifestar o seu apoio a paralisação dos docentes da Universidade Estadual de Montes Claros, na luta por melhores salários e condições de trabalho, deflagrada no último dia 1º de setembro.

A UJS, assim como os professores da Unimontes, repudia veementemente a falta de investimentos do governo estadual na educação, atitude esta que se reflete também na rede de ensino básico, onde professores e servidores técnico-administrativos estão em greve. O investimento em educação é inversamente proporcional ao gasto com propaganda neste governo. É a aparência se sobrepondo à essência. Além disso, nosso estado sofre também com o recrudescimento da repressão aos movimentos sociais.

A União da Juventude Socialista de Montes Claros se solidariza e se coloca a disposição para cerrar fileiras com os professores da Unimontes neste importante momento da luta.



“Se o presente é de luta, o futuro nos pertence”
Che Guevara


Montes Claros, 5 de setembro de 2008.

Direção Municipal da União da Juventude Socialista


A Estrada vai além do que se vê!

2 comentários:

danielddias disse...

É isso ae, Ramon.

A lutas do povo é a nossa luta! Estamos firmes no propósito de defender este importante segmento da sociedade, os professores, os quais são uma importante frente de vanguarda dos movimentos sociais. Até a vitória sempre, sem perder a ternura jamais (Che).
Saudaçoes Socialistas

Anônimo disse...

Eu conheço estes movimentos grevistas e não vai dar em nada. Foi por causa destes movimentos que surgiu no Brasil um presidente Pau mandado como Lula e você não sabem que quem governa o país é José Alencar e os Banqueiros e os Bancos estão deitando e rolando com lucros exorbitantes e o povo no fundo do poço. O povo está vivendo de esmola de uma Bola Família assistencialista e eleitoreira que vai continuar elegendo mensaleiros, Sanguessugas, Arapongueiros. Esta Direção Municipal da União da Juventude Socialista deve ser composta de pessoas que nunca passaram por uma Ditadura Militar e são pessoas entusiasmadas e sem experiências. Um professor universitário é uma pessoa bem formada e não deve se envolver em coisas que só servem para Lula, Vicentinho e outros tinhos da vida. Párem com isto e voltem a negociar com o governo que é mais vantagem. Muitos destes professores são Odontólogos, Médicos, Engenheiros , e Advogados que não devem se envolver com greves