sexta-feira, 21 de março de 2008

Juventude dá o grito em Conferência!

A 1ª Conferência de Políticas Públicas de Juventude de Minas Gerais foi um sucesso. Realizada no SESC Venda Nova em Belo Horizonte entre os dias 14 e 16 deste mês, a Conferência foi marcada pela diversidade e pela politização dos delegados e das delegadas presentes.
Infelizmente, a delegação de Montes Claros chegou somente no final da solenidade de abertura, mas deu tempo de bater um papo rápido com o Deputado Estadual Carlin Moura (PCdoB), com seu colega André Quintão (PT) e com meu amigo tricolor pó-de-arroz, Wadson Ribeiro, Secretário-Executivo do Ministério do Esporte. Todos falaram da satisfação de participar de mais uma etapa da Conferência Nacional e da necessidade de aprovação de propostas relativas à juventude que tramitam na Assembléia Legislativa e no Congresso Nacional.
Na manhã de sábado rolou a mesa redonda “Juventude, Participação e Democracia”, com intervenções do diretor da União Estadual dos Estudantes (UEE-MG), Willy Alves, do diretor da União Nacional dos Estudantes (UNE), Fagner Sena (Tatu), do coordenador de juventude de Minas Gerais, Roberto Tross, e dos representantes da Secretaria Nacional de Juventude, Patrícia Nogueira e Edson Pistori. O ineditismo do evento e a valorização do jovem enquanto protagonista das mudanças ocorridas no Brasil, foram a tônica do discurso dos palestrantes.
Na parte da tarde, chegou a vez dos jovens apresentarem suas propostas. Divididos em onze grupos temáticos, a moçada teve como tarefa apresentar três desafios em cada grupo, e para cada desafio, três propostas. Fui o facilitador do grupo “Esportes, Lazer e Tempo Livre”, que teve um trabalho bastante produtivo, levando os relatores José Francisco (Uberaba) e Renata Balsamão (Montezuma) a suar a camisa pra dar conta de sistematizar as dezenas de falas da galera presente. Nosso grupo contou ainda com a ilustre visita do coordenador da Frente Parlamentar em Defesa da Juventude, Deputado Federal Reginaldo Lopes (PT-MG) que discorreu rapidamente sobre o Estatuto da Juventude e sobre o Plano Nacional de Juventude. Também passou pelo nosso grupo o coordenador de juventude de Minas Gerais, Roberto Tross, falando sobre o histórico das PPJ em Minas e da necessidade de se criar mais canais de participação juvenil.
No sábado à noite, ocorreu um blecaute no SESC, impedindo a apresentação do Veredas, grupo de samba-rock-maracatu de BH. Seria a conta da CEMIG, a mais cara do país, que levou ao apagão?
Domingo de manhã foi o momento de escolher as 21 propostas prioritárias para a juventude mineira (entre as 99 apresentadas pelos GTs). Entre as propostas escolhidas, destacamos o Passe Livre, a criação de Agência Reguladora para a exploração mineral, a promoção do esporte comunitário através das Ligas Comunitárias de Esporte; a ampliação de programas como o Segundo Tempo e o Bolsa Atleta; a destinação de 2% do Produto Interno Bruto (PIB) para a cultura; e de 10% do PIB para a educação. Vale ressaltar a intensa participação da delegação norte-mineira, que apresentou várias das propostas aprovadas.
Finalizando a Conferência, foram eleitos os 100 delegados que representarão nosso estado na etapa nacional, que ocorre em Brasília entre os dias 27 e 30 de abril. Montes Claros emplacou mais sete representantes, que se somam aos dois eleitos na Conferência Municipal, para levantar a bandeira na capital federal. Entre os eleitos, a diretora da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES), Luiza Lafetá, o jovem Gislan da zona rural, representantes da Pastoral da Juventude, do poder público, do hip-hop, além deste que vos tecla.
Voltamos com a sensação do dever cumprido e com o anseio de lutar para que as discussões e propostas levantadas não fiquem apenas no papel, e que consigamos efetivar, de uma vez por todas, as PPJ em nosso estado.


A Estrada vai além do que se vê!

3 comentários:

Eric Maciel disse...

A Conferência Estadua foi um sucesso. Tive o prazer de participar e confirmei o sucesso das articulações da juventude.
Estamos evoluindo nosso processo participativo e com certeza iremos, em breve, colher muitos frutos.
Estaremos na Conferência Nacional para defender nossos direitos.

Cristina Adelbi Locatelli disse...

Parabens Juventude Brasileira, que mais uma vez mostra a sua cara e a que veio, essa Conferência é um evento de suma importância para a concientização politica e cultural dos jovens, que mostra que não são só futuro da nossa nação, mas são também o presente e deixam sua marca pra daqui uns anos serem lembrados pela sua valorosa contribuiçao no passado, desempenhando papéis cada vez mais atuantes e de um amadurecimento que nos dá orgulho de ser brasileiros.
Aguardo anciosa pra fazer o comentário da Conferência Nacional, onde sei que nossos jovens (inclusive vc Ramon), iram brilhar e somar muitas conquistas num país onde tem tanta coisa a ser feita e respeitada ainda.
Bjs.

Anônimo disse...

Neguinho, tu estás saindo um jornalista de primeira! Esse momento de Conferência está sendo muito bacana. A expectativa aqui é para a etapa estadual, já que a municipal foi um sucesso. Um beijo pra ti e pra toda moçada de Minas. Aninha