segunda-feira, 11 de maio de 2009

Dirigente da UJS é nomeado coordenador de juventude do Rio de Janeiro


Atendendo a compromisso estabelecido na campanha eleitoral, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, criou a Coordenadoria de Políticas Públicas para a Juventude na cidade. Para dirigir a área foi convidado o militante do PCdoB e atual presidente estadual da UJS, Igor Bruno de Freitas Pereira. Com 28 anos, o recém nomeado é estudante de História da UERJ.

A Coordenadoria, ligada à Casa Civil, deverá elaborar e implementar as políticas específicas afeitas aos jovens cariocas, além de buscar trabalhar em parceria com as secretarias municipais e outras esferas governamentais, como a Secretaria Nacional de Juventude.

Para Igor, foram fundamentais para o convite o histórico de trabalho da UJS e a destacada atuação da juventude na campanha eleitoral. "No segundo turno, a UJS jogou papel destacado na campanha de juventude. Fizemos várias atividades com entidades estudantis nas universidades, um grande ato no Lamas com dirigentes estudantis. Enfim, essa vitoriosa movimentação veio a partir dos compromissos do então candidato com uma plataforma juvenil avançada. O primeiro já foi cumprido", diz.

A oportunidade de interferir objetivamente na realidade da juventude do Rio de Janeiro representa um desafio novo e traz grandes expectativas. "É fundamental um espaço como este, em particular para um movimento que sempre lutou para ver atendidas as suas demandas específicas, como é o de juventude. Estamos desafiados a implementar políticas que, de fato, possam dar contas de demandas que sempre reivindicamos, numa cidade com a importância do Rio de Janeiro".

As próprias bandeiras levantadas à época da campanha eleitoral, se realizadas, ajudarão a responder a tais desafios, como são os casos da meia-passagem para estudantes universitários, pauta de muitos anos do movimento estudantil, e a criação fundação municipal de amparo à pesquisa. "E queremos fazer a interlocução das pautas nacionais aqui no Rio. Criar o conselho de juventude, fazer um plano municipal de políticas públicas da área", levanta o novo coordenador.

Aproveitar a vocação cultural da capital fluminense e buscar a capacitação para o atual mercado de trabalho são outros objetivos traçados. "Buscaremos parcerias com a secretaria de Cultura para fazer atividades relacionadas aos diversos segmentos juvenis nas dez zonas culturais da cidade. Também procuraremos articular políticas que busquem capacitar os jovens em áreas indispensáveis para o mecado de trabalho nos dias de hoje, como a informática, visando uma inserção qualificada, que melhore as condições de vida.Vamos no presente ajudar a melhorar o futuro da juventude", finaliza Igor Bruno.

Também atuarão na coordenadoria os militantes da União da Juventude Socialista Rodrigo Weisz (Digão), Rodrigo Ribeiro e Fernando Marray.


Fernando Borgonovi, da página da UJS


A Estrada vai além do que se vê!

2 comentários:

Luciana Lopes disse...

Coisa feia:
massa demais a matéria hein?
Ou, acabei de postar um texto. Da uma olhada lá. Acho que desse voce vai gostar.
Abraços.

Jéssica Carvalho disse...

Olá Ramon, tudo bem?
Cara conheci seu blog dia desses e virei assídua. Ás vezes cito aqui como fonte de posts.
Quando quiser visite meu blog
www.sapientias.blogspot.com

abç