sexta-feira, 3 de abril de 2009

Estudantes ocupam as ruas de BH

Contando com a participação de 46 grêmios estudantis da capital e região metropolitana, a União Colegial de Minas Gerais (UCMG) e a União Estadual dos Estudantes (UEE-MG) realizaram na manhã desta quinta-feira (2) um ato em defesa do passe estudantil e contra os efeitos da crise para a educação.

Cerca de mil estudantes se concentraram na tradicional Praça Afonso Arinos, no centro da cidade, e de lá caminharam rumo à sede da Prefeitura Municipal. Durante o percurso, os jovens distribuíram panfletos explicando os motivos do ato, recebendo apoio da população belo-horizontina.

Em frente à sede da Prefeitura, na Avenida Afonso Pena, um efetivo de quase cem policiais, entre militares e soldados da guarda municipal aguardava pelos manifestantes. Mesmo com a recepção sob forte aparato de segurança, o ato transcorreu com tranquilidade e uma comissão dos estudantes reivindicou que o prefeito Márcio Lacerda os recebesse.

Diálogo
A Prefeitura de Belo Horizonte deu uma importante sinalização de que está disposta a dialogar com os estudantes. Mesmo não recebendo a comissão formada pelas entidades estudantis (UNE, UBES, UEE-MG, UCMG, UMES-BH), o prefeito encaminhou o assessor especial Otílio Prado e deu início a uma negociação.

Na reunião ficou definido que a partir da segunda quinzena de abril, a PBH e as entidades voltam a se encontrar para discutir um projeto formulado pelos estudantes e outro pelo governo municipal.

O presidente da UCMG, Flávio Nascimento, disse que o mais importante passo foi dado, que é a abertura do canal de negociação. “Durante todo o governo anterior, nunca fomos recebidos por ninguém, essa reunião tirou datas e responsáveis, é um grande avanço se pensarmos que a ultima vez que uma comissão de estudantes esteve com o prefeito foi há sete anos”, afirmou.

Para o presidente da UEE-MG, Diogo Santos, a cidade de Belo Horizonte deve pagar essa dívida com os estudantes. “Somente BH e Curitiba não possuem um sistema de benefício para seus estudantes. Aqui ainda pagamos caro por um transporte que não vale o que custa. O passe vai promover uma transformação na vida da juventude que muitas vezes não freqüenta atividades culturais e mesmo não vai a aula por falta de dinheiro para o ônibus”, criticou. Para Diogo, o importante agora é se concentrar na elaboração do plano que será apresentado. O estudante disse que uma comissão foi formada para estudar o processo de implementação do passe estudantil em outras cidades.

Prazos
Já o presidente da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES), Ismael Cardoso, que esteve na capital mineira especialmente para participar do ato, afirmou que os estudantes estão totalmente abertos para a negociação com o prefeito Márcio Lacerda (PSB), porém vão manter a mobilização dos grêmios e diretórios acadêmicos.

“Vamos criar um comitê de defesa do passe, para debater e construir nossa proposta para a PBH. Vamos manter também durante todos estes dias nossas visitas e mobilizações em escolas. Se na segunda quinzena não avançarmos na negociação, vamos acampar na sala do prefeito”, disse o líder estudantil.

Presente na passeata, o deputado estadual Carlin Moura (PCdoB-MG), ex-dirigente da União Nacional dos Estudantes (UNE), disse que essa luta é legitima e necessária. “Conheço a história da luta pelo passe estudantil em BH, é importante que se esteja construindo um caminho de diálogo. A cidade vai ganhar com essa iniciativa democrática”, afirmou.

Representando a deputada federal Jô Moraes, o vice-presidente do PCdoB de Minas Gerais, Zito Vieira, defendeu mais compromisso dos governos com a juventude. “A crise está afetando de maneira drástica aqueles jovens que procuram o primeiro emprego, é preciso garantir esperança para retomarmos nosso crescimento e avançarmos nas mudanças já conquistadas”, finalizou.

De Belo Horizonte, Pedro Leão para o Caderno Vermelho Minas



A Estrada vai além do que se vê

5 comentários:

Zéder disse...

Oi Ramon, eu estava pensando em fazer aquele selo dos blogs também.. mas são tão poucos, né? affe.

Zéder disse...

Ramon, vamos fazer uma central de blogs de esquerda, partido e UJS? o que vc acha de VERMELHO BLOGS? ou COMUNA_MÍDIA, ou MíDIA COMUNA.. algo assim.. diz aí

Zéder disse...

o que acha de Bloco Vermelho? achei mto legall.. registrei. heheheheh/

Flávio Renato Caetano disse...

Putz, as fotos tão muito boas...parabéns aos estudantes de Minas pela Luta!!! Sou de Campina Grande, e a pouco dias portagonizamos uma GRANDE luta contra o aumento do ônibus, vi até que postasse algo que tiraste do blog da aninha...Valeu pelo apoio...tô sempre vendo teu Blog!!!

Presidente da M.A.E.-BH disse...

ola ramon meu nome e pedro e estou fundando um novo movemento estudantil em bh.preciso de uma ajudinha meu tel é 031-84631870
ou e-mail:estudantesnaweb@gmail.com

valeu!!!!!!!!!