terça-feira, 21 de outubro de 2008

Lideranças estudantis com Leonardo Quintão

Foto de Cristina Horta/EM/D.A press

Matéria de Juliana Cipriani - Estado de Minas

O candidato do PMDB à Prefeitura de Belo Horizonte, Leonardo Quintão, vai contar com o reforço do vice-presidente da República, José Alencar (PRB), na reta final da campanha. Depois de apresentar o depoimento da deputada federal Jô Moraes (PCdoB), terceira colocada no primeiro turno do pleito com quase 9% dos votos, ele trará para seu programa o principal apoiador da colega de Câmara dos Deputados, mas não adiantou quando a gravação, feita esta semana, será apresentada. Ontem, o peemedebista recebeu apoio de entidades representativas dos estudantes e formalizou a apresentação de sua proposta para conceder-lhes o meio-passe para o transporte coletivo.

“O Alencar é um conselheiro político, um amigo. Já declarou que vai votar comigo e vai nos ajudar nesta reta final de eleição”, disse, acrescentando que o vice-presidente já gravou para ele. Quanto ao momento da divulgação, Quintão disse ser surpresa. “Vai ser nos melhores momentos do programa. O Zé é uma pessoa do bem e um conselheiro político que tenho.”

Ao lado de Jô Moraes e Jorge Periquito, que concorreu à prefeitura pelo PRTB e integra o movimento estudantil, o candidato do PMDB recebeu ontem o apoio das principais entidades representativas dos estudantes, incluindo a União Nacional dos Estudantes (UNE), União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), União da Juventude Socialista (UJS), União Colegial de Minas Gerais (UCMG), União Municipal dos Estudantes Secundaristas (UMES-BH) e a União Estadual dos Estudantes (UEE-MG). Na ocasião ele anunciou a criação de um fundo específico para o qual prometeu fazer um aporte anual de R$ 50 milhões para subsidiar o meio-passe estudantil.

DÁ PRA FAZER
Em discurso, Quintão disse que a forma de conceder o benefício será discutida com os estudantes, mas garantiu que ele será para todos, incluindo os alunos da rede privada. Segundo ele, o fundo garantirá o equilíbrio financeiro das concessionárias de transporte coletivo e o meio-passe será fiscalizado por representantes da sociedade civil organizada. Quintão diz não haver dificuldades devido ao incremento na arrecadação do município, acrescida de tributos vindos da União e do estado.

A presidente da UNE, Lúcia Stumpf, convocou a juventude a ir para as ruas na última semana de campanha pedir votos para Leonardo Quintão, a fim de promover uma “mudança em BH”. No encontro, estavam presentes jovens de grêmios estudantis com adesivos “Sou Jô e voto 15”. Os estudantes distribuíram material colocando Quintão como alternativa ao “voto de cabresto”.


Leiam também:

A Estrada vai além do que se vê!

Um comentário:

Alicio disse...

Leonardo Quintão é um patético que não fala nada com nada, não tem argumento algum e usa um discurso populista de merda para enganar a população ignorante visando unicamente votos. Ainda bem que esse cretino não foi eleito em BH. Filho de quem é com apoio do Newtão... seria ridículo.